é o projeto de instalação fotográfica de Raquel Brust

o fim da imagem


.


.

um dia perderemos nossa imagem. ela não nos pertence. aquilo que pensamos ser se corrompe com o passar dos anos. que o belo seja louvado. seríamos descartáveis a espera da ação indiscutível do tempo? teu olhar na terra me basta. corpos deteriorando nas intempéries. o fruto do teu ventre. teu rosto de fortes traços enterrados em pedra.venha a nós. frágeis como papel na chuva. na terra como no céu. a espera do fim do filme. amém

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s